O que é Fake News e como identificar uma noticia falsa?



Já dizia o velho ditado: “uma mentira contada mil vezes se torna verdade”. Hoje em dia podemos adaptar para “uma notícia espalhada mil vezes se torna verdade”. Neste conceito é que está baseado o princípio das Fake News, que são notícias produzidas com o propósito de divulgar informações falsas, principalmente nas redes sociais.

As razões para que sejam espalhadas notícias falsas são as mais diversas. Podem ser desde sites que postam manchetes mentirosas apenas para conseguir mais cliques e faturar com publicidade digital, até grupos que desejam disseminar sua forma de pensar e criam boatos a respeito de quem pensa diferente, ou mesmo partidos políticos tentando difamar adversários espalhando mentiras a respeito deles.

Empresas que criam fake news costumam operar na deep web, uma parte da rede que não é indexada pelos buscadores e nem visível aos usuários, tornando muito difícil a identificação dos responsáveis. Eles criam páginas na internet e colocam robôs para disseminar seus links nas redes sociais. Quando as pessoas recebem a notícia falsa e não verificam a veracidade das informações, elas encaminham para seus amigos, que encaminham novamente, tornando o crescimento exponencial.

As consequências das fake news podem ser desastrosas. Um caso que ficou famoso foi o da dona de casa Fabiane Maria de Jesus, do Guarujá (SP), que foi espancada até a morte por vizinhos que a confundiram com uma suposta sequestradora de crianças, cujo retrato falado estava sendo divulgado nas redes sociais. Outra consequência gravíssima é o retorno do sarampo ao Brasil, após ter sido erradicado, porque grupos contrários à vacinação passaram a divulgar que as vacinas eram responsáveis por doenças fatais. Recentemente, eleições em países democráticos passaram a ser afetadas diretamente pelas fake news, com divulgação de boatos mentirosos sobre certos candidatos.


O que podemos fazer a respeito?


No caso das fake news, a participação de cada pessoa é de vital importância. Os criadores destes boatos contam com a nossa ajuda para que a divulgação seja a maior possível. Se cada um de nós fizer a sua parte e checar as notícias antes de passá-las adiante, nós podemos conter a disseminação.

  • Verifique a credibilidade do site de onde a notícia está vindo. Se é um domínio do qual você nunca ouviu falar, desconfie.

  • Procure saber as fontes, que teoricamente validam as informações. Sites de conteúdo confiáveis costumam disponibilizar as fontes das notícias. Se não houver nenhuma fonte, não acredite no que estiver lendo.

  • Veja se a data é atual. Muitas vezes são divulgadas notícias antigas como se fossem de hoje em dia, o que pode fazer muita diferença.

  • Cheque se outros portais estão divulgando essa notícia. Geralmente quando uma manchete é verdadeira, ela aparece em vários canais de comunicação.

  • Por fim, leia a notícia inteira. Você confiar apenas na manchete é uma das chaves que os criminosos se baseiam para divulgar suas fake news.

Se ainda assim estiver na dúvida, existem hoje diversos portais que checam as fake news, como: Aos Fatos, UOL Confere, Boatos.org.


Faça sua parte e vamos combater esse câncer do mundo digital.


ATENDIMENTO: +55 21 98366-4826

©2020 by NMAdigital